Erros comuns 2: Presença/ausência do verbo TO BE

erro comum em nível iniciante

Do ponto de vista fonético, em frases afirmativas, a presença ou não do verbo TO BE é quase imperceptível aos ouvidos do aluno principiante que está acostumado com a clara sinalização fonética da presença de qualquer verbo em português. Obviamente, a função gramatical de um verbo numa frase é preponderante. Portanto, se faltar onde deveria estar, ou se ocorrer quando não deveria, o erro é grosseiro. Observe os seguintes exemplos:

I lost.
I’m lost.
Eu perdi.
Estou perdido.
It hardly works.
It’s hard work.
Isto dificilmente funciona.
Isto é trabalho duro.
They like children.
They’re like children.
Eles gostam de crianças.
Eles são como crianças.
It looks like it’s going to rain. Parece que vai chover.

O aluno com este tipo de dificuldade deve treinar o ouvido e a pronúncia, até acostumar-se a perceber a grande diferença funcional deste pequeno detalhe fonético.

 

Fonte: http://www.sk.com.br/sk-gram.html#2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *