Dicas e observações – Verbos: Passado

Dicas e observações

O “simple past”

Em inglês, o tempo passado é tratado de uma forma um pouco mais simples que no Português.

Existe um tempo chamado “simple past” que abrange ao mesmo tempo o nosso pretérito perfeito e o imperfeito.

Conjugar os verbos no passado em inglês é super fácil: todos eles ganham “ed” no final, exceto os irregulares.

Veja alguns verbos regulares:

  • Walk (andar) – Walked (andou/andava)
  • Look (olhar) – Looked (olhou/olhava)
  • Call (chamar) – Called (chamou/chamava)

Os verbos regulares terminados em “e” ganham só o “d”:

  • use (usar) – used (usou/usava)
  • dance (dançar) – danced (dançou/dançava)

E os verbos terminados com “consoante + y” trocam o “y” por “i” antes do “ed”:

  • study (estudar) – studied (estudou/estudava)
  • try (tentar) – tried (tentou/tentava)

(Obs: stay (ficar) vira “stayed”. Mantém o “y” pois termina em “vogal + y”)

E o verbo “to be”, como fica? Vira “was” para “eu/ele/ela” e “were” para todos os outros:

Verbo To be
I was
You (sing.) were
He/She/It was
We were
You (pl.) were
They were

Verbos irregulares

Como toda língua, o inglês também tem alguns verbos irregulares. Veja alguns exemplos bem comuns:

Presente Passado
eat (comer) ate (comeu/comia)
take (pegar) took (pegou/pegava)
go (ir) went (foi/ia)
say (dizer) said (disse/dizia)
give (dar) gave (deu/dava)
speak (falar) spoke (falou/falava)
make (fazer) made (fez/fazia)
see (ver) saw (viu/via)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *